domingo, 8 de outubro de 2017

Mais da metade das garotas brasileiras não se sentem bonitas


Mais da metade das garotas brasileiras (62%) se sentem pressionadas para serem bonitas mais do que para irem bem na escola. Esse dado foi revelado pelo Relatório Global 2017 da Dove sobre meninas e confiança na beleza. A pesquisa entrevistou cerca de 5.165 meninas com idades entre 10 e 17 anos em 14 países e mostra que 52% das meninas brasileiras não tem confiança corporal alta. O número é um pouco menos que a média mundial, que ficou com 54%.


Outro dado relevante é que no Brasil, mais do que nos outros países, as garotas evitam atividades sociais e são mais vulneráveis a serem afetadas negativamente pelos padrões de beleza propagados pela mídia, por causa da insatisfação com a aparência.

Segundo o estudo, 8 em cada 10 meninas com baixa confiança corporal se sentem ainda mais infelizes consigo mesmas após ver imagens de "mulheres irreais" em revistas. 96% dessas garotas já colocaram a saúde delas em risco ao deixar de ir ao médico e ficar sem comer. O número é significativamente mais alto que a média global (75%).

Um ponto que também chama atenção é que em cada 10 meninas, 7 declaram se sentir bombardeadas por todos os lados pela pressão de ser bonita.

Por outro lado, a pesquisa também evidenciou que as garotas brasileiras já se dão conta de que pouquissimas mulheres que aparecem nas propagandas, filmes e TV representam "mulheres reais" e 79% delas acredita que as imagens encontradas na mídia são alteradas digitalmente. Outro dado importante é que 53% das meninas afirmam que se sentem mais confiantes quando interagem co outras pessoas na internet. E praticamente todas as meninas brasileiras (85%) acreditam que cada menina é bonita do seu jeito.

Compartilhar: Facebook Whatsapp Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

OTICA

OTICA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

TOP 5 - VOZ DO LOBO

PUBLICIDADE

CURTA NOSSA PÁGINA