terça-feira, 24 de outubro de 2017

Justiça liberta policial militar apontado como autor de tiro que matou turista na Rocinha



O tenente Davi dos Santos Ribeiro foi liberado provisoriamente nesta terça-feira (24) depois de uma audiência de custódia. Ele é apontado como o autor do tiro que matou uma turista espanhola na comunidade da Rocinha, no Rio de Janeiro, nesta segunda (23). De acordo com o jornal O Globo, a decisão foi do juiz Juarez Costa de Andrade. Ele argumentou que “o custodiado estava trabalhando, possui imaculada ficha funcional, não havendo indícios de que solto possa reiterar o comportamento criminoso ocorrido à luz do dia”. Davi não poderá ter contato com testemunhas e está autorizado a atuar apenas em trabalhos administrativos da Polícia Militar.
A espanhola Maria Esperanza Ruiz Jimenez, de 67 anos, foi baleada dentro de um carro na Rocinha e morreu antes de chegar ao hospital. De acordo com a Polícia Militar, ela foi atingida depois de furar um bloqueio policial na comunidade. A Rocinha vem passando por confrontos há pouco mais de um mês por conta da disputa do controle do tráfico de drogas na região.
(BN)

Compartilhar: Facebook Whatsapp Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

OTICA

OTICA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

TOP 5 - VOZ DO LOBO

PUBLICIDADE

CURTA NOSSA PÁGINA