terça-feira, 29 de agosto de 2017

Distrações impedem de memorizar muita coisa – mas nem tudo


Seu cérebro dá um jeito de gravar aquilo que é realmente importante, ainda que você esteja atolado no multitasking
Por Guilherme Eler

A não ser que você faça parte dos seletos 2% de humanos que de fato conseguem realizar várias tarefas de uma vez, a opção pelo chamado multitasking só vai roubar seu tempo. Escolher ler um livro, enquanto se escuta música e navega na internet, fará com que você acompanhe cada coisa apenas superficialmente. Até dá para manter tudo junto, mas será impossível lembrar dos detalhes da história ou decorar a letra da canção, por exemplo.

A boa notícia é que seu cérebro está do seu lado, trabalhando para não lhe deixar esquecer do que realmente importa. Embora grande parte do conteúdo se perca, informações essenciais permanecem gravadas – ainda que você divida sua atenção entre cada uma das atividades. Por conta disso, algo que você realmente precise guardar dificilmente vai passar batido por sua central de comando.

Cientistas norte-americanos confirmaram essa habilidade em um experimento com 192 alunos da Universidade da Califórnia. A tarefa dos voluntários era simples: decorar 120 palavras, divididas em seis grupos de 20. Cada uma delas aparecia na tela por apenas 3 segundos, sempre junto de um número entre 1 e 10.

As cobaias foram avisadas de que essa numeração representava o grau de importância de cada palavra. Quando mais próxima de 10, mais pontos ela valia. A pontuação final dos estudantes seria a soma correspondente às palavras que eles decoraram. Até aqui, tudo na paz.

Com Informações: Super Abril

Compartilhar: Facebook Whatsapp Facebook

0 comentários:

Postar um comentário

OTICA

OTICA

PUBLICIDADE

PUBLICIDADE

TOP 5 - VOZ DO LOBO

PUBLICIDADE

CURTA NOSSA PÁGINA